Especialistas de investimentos e Economistas Alertam!

Só neste ano, o bitcoin subiu cerca de 900%. Quem investiu em bitcoin conseguiu multiplicar seu capital e isso atrai novos investidores para a ativo virtual. Nas primeiras horas de terça-feira (12) de dezembro, o bitcoin atingiu o valor de US$ 19.900, e em algumas exchanges fora do brasil chegou a romper a faixa dos US$ 20.000.

No mercado brasileiro o bitcoin chegou a ser cotado em R$76.100,00 neste mesmo dia em algumas exchanges brasileiras; com esse boom crescente do mercado de ativos digitais surgiu vários especialistas, economistas e bancos centrais na mídia alertando sobre riscos de bolha por não ser emitido e nem tão pouco garantido e regulado por autoridades centrais(Governos).

È um ativo “novo” que apesar de seu propósito necessite de algumas atualização no seu protocolo, com essa  alta histórica do mercado e as taxas da rede ficaram bem elevadas e a rede congestionada .

A proposta de que o bitcoin viria a ser usado em grande escala como uma moeda de troca no dia-a-dia está sendo deixada de lado, pois hoje o bitcoin é visto e usado em grande parte como uma reserva de valor (entesourado), um ativo a ser guardado para obter lucros futuros com a sua valorização. Há a questão das taxas altas de transferência em uma rede já habitualmente congestionada e que faz as transações demorarem muito tempo para serem concluídas e até mesmo algumas vezes não concluírem as transações. A maior parte das pessoas que estão no mundo dos ativos digitais sabem das limitações do bitcoin e a grande maioria está seriamente preocupada com essas taxas altas  e a demora da rede e nada disso vem ajudando o Bitcoin a vir a ser usado como moeda no dia-a-dia como Satoshi Nakamoto escreveu em seu white paper.

Porém  parece que nem Satoshi Nakamoto imaginou que o bitcoin teria uma boa  adoção da comunidade em grande escala e para resolver o problema de escalabilidade que o bitcoin está passando.

Há outras alternativas que estão sendo pensadas e um sistema a ser implantado junto a blockchain do bitcoin é a:

Lightning Network

Camada de pagamento em duas direções que promete suportar um número praticamente ilimitado de transações fora da blockchain e quase sem custos, as transações do bitcoin são ligadas a transações passadas e posteriormente a transações futuras formando assim a cadeia de blocos, o LN quer realizar todas as micro transações fora da blockchain por meio de canais que depois serão inseridos ao banco de dados da blockchain, se 2 pessoas fizerem 1000 transações no canal ao fecha-lo a blockchain fará apenas duas transações guardando os valores atuais no momento do fechamento do canal, independente do que foi feito dentro dele, os canais tem a possibilidade de criar rotas entre si, José pode ter um canal com Maria e Maria pode ter um canal com Alice, José poderia fazer um pagamento a Alice mesmo sem estar diretamente conectado com ela pois ele possui uma rota para isso por meio de Maria, porem maria precisaria ter o mesmo valor que José quer transacionar com Alice, pois por meio de um algoritmo de confiança ela iria pagar com os fundos do seu canal a Alice, e José pagaria Maria o mesmo valor que no final das contas faria José pagar Alice indiretamente, na imagem abaixo podem ver como funcionaria um exemplo onde José quer pagar 1 bitcoin a Alice por meio de Maria.

art-300x255 O que você deveria saber sobre a RaiBlocks (XRB)

Imagen, fonte: Yan Lucas,(site: medium.com/culturahacker)

 

Buscando resolver o problema de escalabilidade do bitcoin é aí que surge um projeto muito bem elaborado de um ativo que cumpre todos os requisitos na função de servir como moeda do dia a dia.

Requisítos: Segurança, privacidade, transações realmente instantâneas, zero taxa, escalabilidade ilimitada, não inflacionária e sem latência de rede.

RaiBlocks (XRB)

RaiBlocks torna os mineradores obsoletos, consegue imaginar a implicação disso ?

Imagine aquelas pessoas na Venezuela que estão com a economia em situação de hiperinflação e necessitem de outros meios de troca para  que usam ela para sobreviver. Infelizmente eles já não podem mais pagar essas taxas altissímas que a rede do bitcoin demanda para o padrão de vida delas e RaiBlocks resolve esse problema.

RaiBlocks dispensa a mineração para a rede funcionar, como funciona então ? As carteiras são os nós que fazem a rede. Cada conta é responsável por transmitir os blocos de envio e os blocos de recebimento das transações, diferente do Bitcoin, que é uma tarefa centralizada aos mineradores. Isso possibilita processamento da rede em paralelo, em vez de em série, daí possibilita transações instantâneas e escalabilidade ilimitada com um consumo de energia incrivelmente baixo. Com esse ativo ninguém fica refém dos mineradores. O dinheiro flui à custo zero será?.

Todos os ativos já estão distribuídas, ter inflação zero é garantia que ninguém poderá tirar valor do ativo via inflação.

É um Ativo com grande potencial de se tornar a moeda do dia a dia, muito pouco conhecida ainda e listada em poucas exchanges fora do brasil. Conhecemos ela quando o coordenador da IOTA foi desligado,  pessoas que conheciam a RaiBlocks ficou tirando sarro disso, porque no protocolo RaiBlocksnão possuí nenhum coordenador centralizado ou qualquer outro mecanismo centralizado pode desligar o sistema pela sua vontade ou mover os ativos entre endereços. Isso significa que RaiBlocks é verdadeiramente descentralizado, daí fomos pesquisar mais sobre.

É um projeto de 2015. A mineração para distribuição dela consistiu em resolver captchas, e assim todas as pessoas do mundo, independentemente de poder aquisitivo, poderiam adquirir o ativo. Hoje ela é muito popular na Venezuela e Filipinas onde as pessoas mineraram elas manualmente resolvendo os captchas, e faziam disso o rendimento delas. 133 milhões de ativos já foram distribuídas por mineração manual e não vai existir mais do que esses 133 milhões.

No momento desta escrita o ativo subia cerca de 0,35% proxímo a máxima do dia cotado á US$ 5,99 na Bitflip.

Esse ativo agora que está querendo começar a pensar em ser um pouco conhecido, agora que estão contratando devs para fazer as carteiras pra celular, pra vocês terem uma idéia, esse é talvez um dos primeiros artigos sobre ela no brasil, o resto das informações está em fóruns e no seu whitepaper e em alguns vídeos no Youtube.

 

Pontos negativos da Raiblcks

Nessa nova tecnologia  falando da sincronia das ledgers do Raiblocks. Na tecnologia não existe mineração, cada carteira mineira suas próprias transações e os endereços com maior saldo possuem maior poder de voto em caso de conflito. Agora faça o seguinte experimento: baixe a carteira da Raiblocks, instale e sincronize. No bitcoin você também vai ter que esperar alguns minutos mas bem menos que a carteira da Raiblocks,precisa para sincronizar um full-node que de inicio nessa carteira vai colocar uns 200GB pra baixar. Porém na Blockchain você consegue operar com carteiras que não precisam sincronizar, com as do seu celular, e você possui incentivos para rodar um full-node (que são as taxas e a recompensa de mineração).

No Block-lattice você não tem escolha: Abriu uma carteira no dispositivo, tem que sincronizar tudo e manter conectada praticamente o tempo todo conforme mais pessoas usam Raiblocks.

– Por quê?

Porque enquanto na blockchain só existe uma ledger que pode ser monitorada e operada separadamente, no Raiblocks cada transação é um bloco e cada carteira é uma blockchain diferente, e todas se comunicam exclusivamente através dos saldos e é o que será o calcanhar de aquiles da Raiblocks.Isso significa que, embora não exista taxa pra transacionar, você precisa manter sua database da carteira extremamente sincronizada individualmente o que poderá danificar HDDs e SSDs do dispositivo devido a altíssima frequência de registro de arquivos com a rede toda. Existe uma improvisação para jogar esses registros na ram para proteger os HDDs/SSDs, mas é inacessível para leigos.

Assim como no bitcoin no início, por enquanto isso ainda não é tão pesado de processar. Mas a rede vai crescer, e em seu tamanho atual já  incômoda.

A solução para resolver  isso é que a maioria das Raiblocks são armazenadas ou nas exchanges, ou na Web-Wallet centralizada do próprio time de desenvolvedores da Raiblocks. Outro improviso para quem tenta manter a própria carteira é que pode-se baixar a “database” do dia interior inteira externamente, que é disponibilizada pelos desenvolvedores, e substituir na pasta %localappdata%, o que torna um transtorno ter que fazer isso toda vez que você quiser gastar suas Raiblocks armazenadas localmente.

Hoje só há 3 exchanges que estão negociando-a, ainda nem chegou nas Exchanges mais conhecidas, quando chegar o preço tem o potencial de disparar, quando as carteiras para celular ficarem prontas; porém somente se houver atualizações e melhoras no ativo o que tem possibilidades de torna-lá viral.

Recaptulando: Em uma análise final você só vai ter essa “agilidade” da Raiblocks numa carteira baseada numa database centralizada em algum site, que sabe-se lá com qual incentivo estará sempre online sincronizado. É isso que vai ser qualquer eventual “carteira mobile” da Raiblocks. Embora a database tenha hoje quase 900mb, irá se expandir de forma exponencial conforme mais pessoas usam, você não tem incentivo nenhum pra manter esses dados eternamente sincronizardos pra pagar seu cafézinho sem taxa.

Existe solução para esses problemas?

Segundo os desenvolvedores está sendo desenvolvida uma light wallet que visa resolver esses problemas, você não precisará sincronizar todos os blocos, somente  aqueles que te interessam.
A carteira mobile será baseada nas light wallet’s que estão sendo desenvolvidas.

Sem duvida é um ativo para se acompanhar e com grande potencial no futuro.

Nós temos um futuro muito interessante pela frente para estes Ativos de novos desenvolvimentos acontecendo.

Estou bem animado para ver o que acontece!

 

Site Oficial: RaiBlocks.net

Whitepaper aqui: https://raiblocks.net/media/RaiBlocks_Whitepaper.pdf

Whitepaper Satoshi nakamoto traduzido para português aqui: https://www.slideshare.net/rodrigohenrik/bitcoin-um-sistema-de-dinheiro-eletronico-pontoaponto

Links:

Carteira fullnode:

É carteira oficial que você pode baixar no site oficial ou aqui.

 

Onde comprar:

MercatoxBitflip e Bitgrail (Quando for listada nas outras Exchanges maiores poderá ter uma alta significativa em seu preço). Ainda não vendem XRB por reais porém a mais nova Exchange brasileira Iazo anúnciou no dia 20 de dezembro que em breve iniciará as operações com esse ativo.

OBS: atenção isso não é uma recomendação de investimento em ativos digitais.

 

RaiBlocks Hoje


Você gostou deste conteúdo?

Recomende ele para que mais pessoas o leiam!
Ajude o nosso site cedendo um pouco de poder de processamento!


Loading...

Faça uma doação via bitcoin:

art-300x255 O que você deveria saber sobre a RaiBlocks (XRB)
art-300x255 O que você deveria saber sobre a RaiBlocks (XRB)

Por favor, doe para o endereço Bitcoin: [[address]]

Donation of [[value]] BTC Received. Thank You.
[[error]]


Ou via Nano:

art-300x255 O que você deveria saber sobre a RaiBlocks (XRB)
art-300x255 O que você deveria saber sobre a RaiBlocks (XRB)

Por favor, doe para o endereço Raiblocks: [[address]]

art-300x255 O que você deveria saber sobre a RaiBlocks (XRB)
Donation of [[value]] BTC Received. Thank You.
[[error]]


Aproveite também para nos seguir nas redes sociais:


Nos siga no Twitter | Facebook