Conforme afirma Ferdinand de Saussure em sua obra Curso de Linguística Geral, o seu maior postulado para o campo da Linguística, as línguas evoluem e incorporam novos signos linguísticos por meio de convenção social, ou seja, pela aceitação que as palavras ganham em uma determinada sociedade, por fim, sendo incorporadas à língua. E não era de se espantar que o mesmo viesse a ocorrer com as palavras referentes ao mundo das criptomoedas.

Merriam-Webster, o dicionário norte-americano fundado em 1831 e hoje propriedade da Enciclopédia Britânica, agora contém oficialmente as palavras “Cryptocurrency” (criptomoeda), “ICO” e “Blockchain”, e anunciou que anunciou que expandiu sua cobertura do ecossistema cripto.

O anúncio da Merriam-Webster explicou que:

“O domínio às vezes desconcertante das trocas financeiras digitais abre uma janela para um assunto que exige explicação para muitos de nós, daí a definição detalhada de criptomoedas, bem como uma entrada para oferta inicial de moedas, que se refere a a primeira venda de moeda digital como o Bitcoin. Manter registros de transações financeiras em um banco de dados digital como parte de uma rede pública acessível usa a tecnologia blockchain “.

O dicionário agora define a criptomoeda como “qualquer forma de moeda que só existe digitalmente, que geralmente não possui autoridade central de emissão ou reguladora, mas usa um sistema descentralizado para registrar transações e gerenciar a emissão de novas unidades, e que depende da criptografia para evitar transações fraudulentas “. O primeiro uso conhecido da palavra é datado do ano 1990, que se deu dezoito anos antes do Merriam-Webster datar o “Bitcoin”.

Blockchain é definido no dicionário como um “banco de dados digital que contém informações (como registros de transações financeiras) que podem ser utilizados e compartilhados simultaneamente dentro de uma grande rede descentralizada acessível ao público; e também: a tecnologia usada para criar esse banco de dados.” O primeiro uso conhecido da palavra é datado do ano de 2011.

E ICO é simplesmente “uma oferta inicial de uma criptomoedas para o público”. O primeiro uso conhecido da palavra é datado do ano de 2014.

Quem sabe daqui a alguns poucos anos os dicionários estejam repletos de novas palavras? Seria a prova cabal de que estamos conseguindo mudar o mundo!

 

 

 

 

 


Você gostou deste conteúdo?

Recomende ele para que mais pessoas o leiam!
Ajude o nosso site cedendo um pouco de poder de processamento!


Loading...

Faça uma doação via bitcoin:

bitcoin-image Criptomoedas, ICO e Blockchain oficialmente já fazem parte dos dicionários
bitcoin-image Criptomoedas, ICO e Blockchain oficialmente já fazem parte dos dicionários

Por favor, doe para o endereço Bitcoin: [[address]]

Donation of [[value]] BTC Received. Thank You.
[[error]]


Ou via Nano:

bitcoin-image Criptomoedas, ICO e Blockchain oficialmente já fazem parte dos dicionários
bitcoin-image Criptomoedas, ICO e Blockchain oficialmente já fazem parte dos dicionários

Por favor, doe para o endereço Raiblocks: [[address]]

bitcoin-image Criptomoedas, ICO e Blockchain oficialmente já fazem parte dos dicionários
Donation of [[value]] BTC Received. Thank You.
[[error]]


Aproveite também para nos seguir nas redes sociais:


Nos siga no Twitter | Facebook